Them Crooked Vultures

Para conhecer supergrupo Them Crooked Vultures, formado por Josh Homme, Dave Grohl e John Paul Jones:

Podiam fazer uns shows pra cá hein….


Enquanto isso a volta do Led Zeppelin fica bem longe de acontecer …
… e o Foo Fighters já anunciou férias.

QOTSA


Em 1995, um ano depois do lançamento do clássico Welcome to Sky Valley‎”, a banda Kyuss (um futuro post) lança o controvertido álbum …And the Circus Leaves Town. Esse álbum não agradou nem a fãs, nem a imprensa. Isso acaba desiludindo o então guitarrista da banda Josh Homme, que se muda pra Seattle onde passa a freqüentar uma faculdade, achando, como ele mesmo disse, não ter mais nada a oferecer pra musica.

Na nova cidade revê seus conceitos e percebe que a musica produzida não deveria agradar aos outros, mas somente a sei próprio. Passa então a se envolver em outros projetos e em 1996 integrar o Screaming Trees pra turno do álbum Dust de 96. No ano seguinte, com os suspiros finais dos Trees, Josh arruma um tempo pra se dedicar em um projeto chamado Desert Sessions (outro futuro post), mostrando melhor seu lado experimental e liberando sua criatividade. Nesses eventos chamava músicos, fazendo sons experimentais num estúdio pequeno, com equipamentos antigos e raros e musicas compostas lá mesmo, em poucas horas em um deserto californiano. Tal encontro da à luz a 6 álbuns (lançaram mais 4 posteriormente) sem interesses comerciais, mas que por nossa sorte (e dos caras também, que lucraram com isso, hehe) foram lançados por uma gravadora.

Josh reencontra Nick Olivieri ex do Kyuss, decidem formar uma banda. Vão para o deserto e com a ajuda de Alfredo Hernandez, outro ex do Kyuss, e começam a trabalhar no som da nova banda. Parecido, mas diferente, é como eu defino o álbum de estréia dos caras. Lembra um pouco a banda anterior, mas ao mesmo tempo já te leva pra outra experiência, uma coisa nova e boa. Embarcam em uma turnê e tocaram ao lado de bandas grandes como Smashing Pumpkins, Bad Religion e Rage Against the Machine

Dois anos depois o Screaming Trees termina. Josh se dedica inteiramente ao QOTSA, volta pro deserto, com a participação de dois bateristas e, junto com ilustres da musica, monta seu novo álbum “Rated R”. Apesar de não ter muito sucesso comercial, o disco foi agraciado pela critica e pelos fãs. Embarcam em mais uma turnê, nessa tocam no Rock in Rio. Em 2002 lançam o “Songs for the Deaf”, com o novo segundo vocalista Mark Lanegan (ex-vocal do Screaming Trees) e ajudando na batera Dave Grohl, os dois participam da turnê de promoção do disco, que acaba sendo um sucesso de publico e de vendagens.

Dois anos depois, Josh expulsa Oliveri da banda alegando um comportamento inadequado e junto com ele Lanegan aproveita e sai da banda. Aparentemente pra abafar as complicações, é lançado o EP “Stone Age Complication”. O quarto álbum Lullabies to Paralyze concepção sonora diferente das dos demais. Perde um pouco da agressividade, possui musicas lentas, pesadas, sombrias, são canções de ninar de filmes de terror. Gravam um acústico em Berlim e o primeiro CD/DVD em Londres Over The Years And Through The Woods”. Em 2007 lançam Era Vulgaris”, lançado na pior fase da banda, segundo o próprio vocalista. Possui também uma nova proposta, lembrando o disco anterior, mas ao mesmo tempo com uma pegada pesada.

Acho que sobre a banda é basicamente isso. Durante as postagens dos álbuns vou detalhando mais.

Discografia: