Matéria obrigatória

3tipos de rocha

 

Só faltou o turum tss.

 

 

 

 

Anúncios

Pantera criando um mundo melhor


Influenciado por Pantera, ‘criador do axé’ grava disco de rock

Projeto de Luiz Caldas inclui duas caixas de discos com vários estilos.
Canções inéditas vão do samba a músicas gravadas em tupi.

Roqueiros do Brasil, se preparem para o novo ídolo do rock nacional: Luiz Caldas. Pelo menos é isso que o músico baiano, auto-proclamado “criador da axé music”, está prometendo para 2009. Seu álbum de rock, chamado “Castelo de gelo”, faz parte de um projeto mais ambicioso ainda, que inclui duas caixas de discos (com cinco CDs em cada) até o fim do ano, reunindo um total de 130 músicas, todas composições de Caldas.

Algumas dessas composições, como o heavy metal “Maldição”, podem ser ouvidas no MySpace do cantor. Influenciado por Pantera, Kreator, Genesis, Beatles e Police, entre outros, Caldas gravou seu disco de rock com André T., produtor de bandas do rock baiano como Retrofoguetes e Cascadura, e com a participação do baterista Rex, do Retrofoguetes.

O cantor, que adotou o tênis All Star para os pés (Caldas é conhecido por se apresentar descalço), diz que o disco é eclético, com músicas indo do rockabilly ao punk, passando por baladas e “músicas mais lisérgicas, como Pink Floyd”.

Segundo Caldas o projeto, que inclui discos de samba, forró, axé, mpb e até um álbum com letras em tupi, foi inspirado por George Harrison. “Quando George saiu dos Beatles, ele lançou um disco triplo, de tanto material que ele tinha acumulado. Eu não posso ficar atrás dele, né?”, desafia.

ANTES:

DEPOIS:

Myspace dele aqui.

Confira a noticia completa aqui.


E se…

… Motorhead fosse pop.

  1. Trilha sonora de malhacao seria Mine all mine
  2. Quando o casal da novela das 8 se beijasse tocaria Love me forever
  3. Lemmy iria no programa da Ana Maria Braga dar dicas de roupa de couro
  4. A banda se apresentaria no Faustao com uma bateria composta de prato e tambor, sem banco
  5. Gugu faria um especial sobre a remocao da berruga da cara do Lemmy
  6. Lemmy seria um convidado especial no juri do ídolos
  7. MTV promoveria um especial onde Motorhead tocaria com Sandy & Junior, num acustico
  8. Revista Caras levaria a banda pra sua ilha, onde eles levariam familia e filhos num ambiente saudavel e super requintado
  9. Programa Panico abordaria a banda na entrada de algum evento promovido por alguma celebridade futil
  10. Revistas de menininhas adolescentes (atrevida, capricho, toda teen) fariam materias sobre os bad-boys e suas tatuagens
  11. Lemmy daria sugestao de como deixa sua barba num estilo retro a la Don Pedro nas paginas da Playboy
  12. Datena condenaria as bebedeiras e causarias da banda dizendo que “Eh uma vergonha!!! Poe na tela o cidadao bebado dirigindo o carro”
  13. Um programa todo voltado as peripecias na cama e aventuras sexuais seria apresentado pela Luciana Gimenez
  14. Motorhead tocando uma balada no especial Roberto Carlos de fim de ano. Lemmy choraria e diria que realizou um sonho tocando com o Rei
  15. As 23 do sabado a Jovem Pan tocaria as musicas deles pra voce se aquecer pra balada
  16. Na balada todo mundo pularia ao som de Ace of Spades remixado pelo DJ mais quente da semana
  17. Eles fariam a proxima trilha sonora de um filme qualquer do Hector Babenco
  18. Apareceriam num episodio de A Grande Familia como os vizinhos barulhentos da casa ao lado, provocando hilarias confusoes
  19. Apresentaria o VMB de banda pop do ano, dando o premio e um abraco apertado no vencedor CPM22, seus pupilos
  20. Tocariam na abertura da copa 2014 do Brasil uma musica linda e cheia de influencias ritmicas nacionais
  21. Lemmy faria um projeto com Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes chamada Os Quadribalistas
  22. Eles seriam a banda da vez na sua casa da promocao coca cola
  23. Um video no youtube mostraria uma fa chorando pela falta de sacanagem da banda em um de seus shows

Coisas boas dos anos 90 (1)

Nao!!! Nao eh lenda!!! Os anos 90 no deram coisas interessantes musicalmente falando. Muita gente diz que foi um espaco nulo na musica, mas eu discordo.

Musica eh do album de estreia da banda, de 97, mas virou single em 98, atingindo o 38 lugar do top 100 da Bilboard. Apareceu em varios filmes, sendo o mais famoso o american pie.

Um fato interessante dessa musica eh que se vc procurar ela na internet vai achar ela falsamente atribuida as bandas Green Day, Weezer e LIT. Mas o mais interessante pra mim eh um video do youtube. Um povo de um escritorio (pessoalmente acho ser de designe ou publicidade) fez um lip sinc coletivo com uma tomada, sem edicoes e sem cortes, vale a pena conferir.

Pra quem nao lembrava, ta ai o link pra relembrar, pra quem nao conhece, ta ai o link pra conhecer.

Harvey Danger- Flagpole sitta

I had visions, I was in them
I was looking into the mirror
To see a little bit clearer
The rottenness and evil in me

Fingertips have memories
Mine can’t forget the curves of your body
And when I feel a bit naughty
I run it up the flagpole and see who salutes
(but no one ever does)

I’m not sick but I’m not well
And I’m so hot cause I’m in hell

Been around the world and found
That only stupid people are breeding
The cretons cloning and feeding
And I don’t even own a tv

Put me in the hospital for nerves
And then they had to commit me
You told them all I was crazy
They cut off my legs now I’m an amputee, goddamn you

I’m not sick but I’m not well
And I’m so hot cause i’m in hell
I’m not sick but I’m not well
And it’s a sin to live so well

I wanna publish zines
And rage against machines
I wanna pierce my tongue
It doesn’t hurt, it feels fine
The trivial sublime
I’d like to turn off time
And kill my mind
You kill my mind

Paranoia paranoia
Everybody’s coming to get me
Just say you never met me
Im running under ground with the moles
(Diggin big holes)

Hear the voices in my head
I swear to god it sounds like they’re snoring
But if you’re bored then you’re boring
The agony and the irony, they’re killing me

I’m not sick but I’m not well
And I’m so hot cause I’m in hell
I’m not sick but I’m not well
And it’s a sin to live so well